Skip to content

POLÍTICA Cookies

JUST IN CASE

Logo
Política de Cookies – Just In Case
A presente Política de Privacidade e Proteção de Dados Pessoais, doravante “Política de Privacidade” ou apenas “Política”, aplicase genericamente à recolha e tratamento dos dados pessoais fornecidos pelos utilizadores que acedem a este site, designadamente, os recolhidos através dos formulários, documentos ou outros meios destinados a permitir o contacto com a Fidelidade - Companhia de Seguros, S.A., pessoa coletiva 500 918 880, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa, sob o mesmo número, com sede no Largo do Calhariz, n.º 30, 1200-086 Lisboa, e como capital social de 509.263.524 Euros, doravante abreviadamente designada por “Companhia”, aplicando-se ainda ao exercício de direitos, pelo utilizador, relativamente a estes dados, nos termos da legislação aplicável.
​Esta Política reveste-se de carácter geral, pelo que a informação que nela é prestada pode ser complementada ou afastada, total ou parcialmente, por outras políticas, avisos ou informações de carácter mais específico que eventualmente tenham sido ou venham a ser disponibilizadas no contexto de certos tipos de tratamento de dados pessoais.
1. RESPONSÁVEL PELO TRATAMENTO DOS DADOS PESSOAIS
A Companhia, cujos dados de contacto estão acima indicados, é a entidade responsável pelo tratamento dos dados pessoais fornecidos pelo respetivo titular no preenchimento de formulários existentes neste site, bem como os demais dados pessoais que tenham sido ou venham a ser fornecidos em qualquer outro suporte, diretamente ou por intermédio de outrem, ou que tenham sido gerados pela Companhia, quer no âmbito de contactos prévios quer na celebração, execução, renovação ou cessação do contrato ou operação de seguro ou que tenham resultado das mesmas e respeitantes quer ao utilizador do site, quer a tomadores de seguro, segurados, beneficiários ou seus representantes e, ainda, a sinistrados ou a terceiros e seus representantes, doravante “Dados Pessoais”.
​O fornecimento, à Companhia, dos Dados Pessoais recolhidos no âmbito de diligências pré-contratuais ou no processo de contratação, para além dos casos em que corresponde a informação necessária para cumprimento de obrigações legais da Companhia, constitui requisito necessário para as diligências pré-contratuais e, bem assim, para a celebração do contrato de seguro e sua execução, pelo que, na eventualidade de os mesmos não serem facultados à Companhia, o contrato não poderá ser por esta aceite.
Os Dados Pessoais serão tratados pela Companhia, entidade responsável pelo tratamento dos dados, para as finalidades enumeradas no ponto 4 abaixo, em estrito cumprimento do estabelecido na legislação em vigor em matéria de proteção de dados pessoais.
2. ENCARREGADO DE PROTEÇÃO DE DADOS
O Encarregado de Proteção de Dados Pessoais pode ser contactado, por escrito, para os seguintes endereços:
  • Encarregado de Proteção dos Dados Pessoais - Largo Calhariz, 30, 1200-086 Lisboa;
  • epdp@fidelidade.pt
3. TRATAMENTO DE DADOS PESSOAIS
Os dados fornecidos na relação estabelecida com a Companhia são tratados em conformidade com os preceitos legalmente aplicáveis, sendo nomeadamente:
Finalidade
Fundamento de Licitude
Prazo de Conservação
Gestão da relação pré-contratual e contratual de seguro
Execução do contrato de seguro Interesse legítimo do responsável pelo tratamento de avaliação dos riscos propostos e dos níveis de qualidade de serviço Consentimento (acesso aos dados de localização do dispositivo para sugerir a interação com uma agência Fidelidade ou mediador mais próximos)
Até decurso do prazo legal de prescrição de todas as obrigações emergentes do contrato de seguro e após o termo deste Até à retirada do consentimento (acesso aos dados de localização)
Desenvolvimento e customização (personalização) de produtos
Interesse legítimo do responsável pelo tratamento no desenvolvimento da sua atividade comercial e personalização da experiência na utilização da Aplicação
Até à oposição do Utilizador
Ações comerciais e de marketing​
Consentimento
Até à retirada do consentimento

Até ao termo de 1 (um) ano sobre a data da cessação da relação contratual
Estudos atuariais e tarifação
Interesse legítimo do responsável pelo tratamento na prossecução da sua atividade comercial
Os dados são anonimizados​​​​​
Cumprimento de obrigações legais, incluindo perante as autoridades de supervisão, regulatórias, fiscais, judiciais e de controlo de gestão e ações de prevenção e combate à fraude e ao branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo
Cumprimento de obrigação jurídica

Interesse legítimo de controlo da atividade do responsável pelo tratamento, incluindo a prevenção de perdas por fraude

Declaração, exercício ou defesa de direitos em processo judicial
Prazo legal aplicável a cada obrigação jurídica

Até ao decurso do prazo de prescrição ou caducidade para o exercício de direitos
4. DADOS DE LOCALIZAÇÃO DO DISPOSITIVO
Para poder sugerir a interação com uma agência Fidelidade ou mediador mais próximos, a Aplicação necessita de ter acesso aos dados de localização do dispositivo móvel do Utilizador, solicitando o seu consentimento para o efeito.
Estes dados são utilizados exclusivamente para a finalidade acima indicada e não serão utilizados, em qualquer circunstância, para efetuar o rastreamento de deslocações e atividades dos utilizadores.
O Utilizador pode optar por partilhar os dados de localização apenas quando necessite de se deslocar a uma agência Fidelidade ou mediador, eliminando assim a recolha de quaisquer dados de localização para o rastreamento de outras deslocações ou atividades.
Os dados de localização são conservados até à eliminação da conta de Utilizador, sendo posteriormente anonimizados e utilizados apenas para efeitos estatísticos.
5. PARTILHA DE DADOS
Tendo em conta as finalidades descritas no ponto 3., os seus dados pessoais podem ser transmitidos a:
  • Entidades de tipo associativo, como sejam a Associação Portuguesa de Seguradores, para ações de compilação de dados, ações de prevenção e combate à fraude, estudos de mercado, estudos estatísticos ou técnico-atuariais;
  • Mediadores e corretores para efeitos de gestão da relação pré-contratual e contratual de seguro e de marketing (neste último caso, se nos tiver dado o seu consentimento);
  • Autoridades supervisoras, reguladoras ou fiscais, bem como autoridades judiciais e administrativas para o cumprimento de obrigações legais a que, em cada momento, a Fidelidade esteja sujeita e para declaração, exercício ou defesa de direitos em processo judicial.
6. ORIGEM DOS DADOS PESSOAIS
  • Facultados pelo Utilizador: Dados Pessoais relativos à avaliação do conhecimento e experiência do Utilizador no domínio do investimento, aferição do grau de tolerância ao risco, objetivos de investimento e dados identificação e contacto necessários à celebração do contrato de seguro. Estes dados são solicitados no âmbito da subscrição de produtos através da Aplicação;
  • Recolhidos através da Aplicação: Dados de localização do dispositivo. Estes dadossão necessários para podermos sugerir a interação com uma agência Fidelidade ou mediador mais próximos.
7. TRANSMISSÃO DE DADOS PARA PAÍSES TERCEIROS
A prestação dos serviços contratados pela Fidelidade para disponibilização das funcionalidades da Aplicação poderá implicar a transferência dos seus Dados Pessoais para entidades localizadas em países terceiros.
Todas as transferências de Dados Pessoais, dentro das finalidades acima identificadas, ocorrem dentro do Espaço Económico Europeu.
Caso a Fidelidade venha a recorrer a prestadores de serviço de países localizados fora do Espaço Económico Europeu, assegurará contratualmente que estas entidades cumprem com todas as obrigações legais em matéria de proteção de dados, tratando-os mediante instruções prévias e documentadas da Fidelidade.
8. DIREITOS DO TITULAR DOS DADOS
Nos termos da legislação aplicável, a Fidelidade garante ao titular dos dados, os direitos de acesso, atualização, retificação, limitação de tratamento ou eliminação dos seus Dados Pessoais, a todo o tempo, assim como a possibilidade de se opor ao tratamento nos casos em que este se fundar no interesse legítimo do responsável pelo tratamento.
Poderá exercer qualquer um destes direitos acedendo ao nosso Portal dos Titulares dos Dados ou entrando em contacto com o Encarregado da Proteção de Dados através do email epdp@fidelidade.pt.
Qualquer reclamação relativa ao tratamento de dados por parte da Fidelidade, será objeto de análise circunstanciada a que será dada resposta no prazo de 30 (trinta) dias, sem prejuízo da prorrogação do mesmo em caso de manifesta complexidade do pedido.
Poderá sempre, nos termos da Lei, apresentar reclamação junto da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD).
9. DECISÕES INDIVIDUAIS AUTOMATIZADAS, INCLUINDO A DEFINIÇÃO DE PERFIS
A Aplicação recorre a ferramentas de tratamento exclusivamente automatizado (i.e. sem intervenção humana) na aferição do perfil de investimento do Utilizador (avaliação do conhecimento e experiência do Utilizador, aferição do grau de tolerância ao risco e objetivos de investimento).
A Fidelidade adota as medidas mais adequadas para salvaguardar os seus direitos e interesses legítimos, designadamente o direito de obter intervenção humana por parte da Fidelidade, neste processo de determinação do perfil de investimento do Utilizador, podendo manifestar o seu ponto de vista e contestar a decisão em causa. Se deseja opor-se à tomada de decisões automatizadas contacte-nos para epdp@fidelidade.pt.
Utilizamos a definição de perfis para lhe disponibilizar informação direcionada e sugerir os produtos mais adequados de acordo com o perfil apurado. Tem o direito de se opor à definição de perfis através do nosso Portal dos Titulares dos Dados ou do email epdp@fidelidade.pt.
​10. SEGURANÇA DOS DADOS PESSOAIS
A Fidelidade adota medidas técnicas e organizativas adequadas para proteger os Dados Pessoais contra a sua perda, destruição ou danificação, acidental ou ilícita e, bem assim, para assegurar que os dados facultados são protegidos contra o acesso ou utilização indevidos por parte de terceiros não autorizados.
A Fidelidade garante a privacidade e segurança na transmissão dos dados dos utilizadores da Aplicação, recorrendo à criptografia com SSL (Secure Sockets Layer) de todas as informações trocadas via Aplicação.
11. POLÍTICA DE COOKIES
​A Fidelidade utiliza tokens na Aplicação para melhorar a experiência do utilizador e permitir realizar determinadas operações de forma segura.​ Consulte, por favor, aqui​ a informação respeitante à Política de Cookies.
12. ALTERAÇÕES À POLÍTICA DE PROTEÇÃO DE DADOS PESSOAIS
A presente Política de Privacidade poderá ser alterada mediante publicação na Aplicação.
Quaisquer alterações de carácter significativo serão comunicadas com o grau de publicidade correspondente à sua relevância, mediante destaque na publicação online ou por comunicação individualizada.